Páginas

Minha foto
são paulo, zona leste, Brazil

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Profissão Docente - Questões de Prova

Tardif (2002) compara a ação do educador a de um artesão, cite duas características apontadas pelo autor e comente-as. P.93
O professor auxilia os alunos a tecerem sua rede de conhecimentos através da interação e diálogo. O educador utiliza-se de seus conhecimentos prévios, baseados na tradição, assim como o artesão, e possui um conhecimento adquirido e concreto (prova)

1.arte do escultor; 2 arte do educador. O primeiro age sobre um ser um composto de matéria e de forma que não possui em si mesmo, mas recebe do artista o principio a (causa e a origem) de sua gênese o segundo age co e sobre um ser que possui por natureza crescimento e desenvolvimento que deve ser acompanhado e fomentado pela atividade educativa..

Perrenoud elaborou o que considerou dez competências para ensinar, uma delas é: Participar da administração da escola. Comente 133
Não ficar apenas na sala de aula).
·         Elaborar, negociar um projeto da instituição.
·         Administrar os recursos da escola.
·         Coordenar, dirigir uma escola com todos os seus parceiros..
·         Organizar e fazer evoluir, no âmbito da escola, a participação dos alunos

O professor deve ser participativo sempre, levando idéias e soluções para a coordenação e para a gestão, de acordo com o que vivencia diariamente em sala de aula, pois, uma boa gestão é dialógica, integrada entre professor e aluno, toda a escola e comunidade envolvida (prova)

Comente a frase: “(...) os programas de formação de docentes estão impregnados de diferentes concepções, refletindo uma prática que ainda tem como base o domínio do conteúdo específico desarticulado da realidade”.  Pg 75 76
 Esta frase é uma crítica de Zeichner, onde para a formação de docentes é baseado na racionalidade técnica, que se mostra inadequado à realidade prática profissional docente, não existindo preocupação com a questão social, sem levar em consideração o campo de ação do professor, como se todos os alunos reagissem  da mesma maneira.. Ele afirma que todos os programas de formação de professores têm relação com quatro tradições da reforma, e que estes devem contemplar as concepções de ensino subjacentes as quatro tradições, no entanto, sem esquecer as dimensões da sua identidade.

O professor é o construtor do conhecimento, pois é um intermediário entre o aluno e a informação que é transformada em conhecimentos pelo aluno. Osso é possível através de uma prática conivente com as teorias existentes e uma postura racional do professor (prova)

Comente a frase: “ (...) tal proletarização tem gerado, por parte dos prof°, uma maior consciência do fato de que, para mudar esta situação é imprescindível a busca pelo profissionalismo (...)”.P.20
- Desenvolver uma identidade profissional baseada na leitura critica de mundo
- Participar das decisões políticas voltadas a educação
- Ter o domínio dos meios de produção do seu trabalho
Esta frase é uma crítica de Zeichner, onde para a formação de docentes é baseado na racionalidade técnica, que se mostra inadequado à realidade prática profissional docente, não existindo preocupação com a questão social, sem levar em consideração o campo de ação do professor, com se todos os alunos reagissem  da mesma maneira.

O professor deve ter uma consciência crítica de sua necessidade de constante aprendizado e desenvolvimento, buscando sempre aprimorar, inovar e se profissionalizar cada vez mais. O professor tem que participar. (prova)

Prova (n1-5)  -  No livro texto os autores explicitam a falta de preparo dos professores em lidar com as novas tecnologias, comente essa afirmação. P.81
Os professores talvez sejam os profissionais que estão enfrentando os maiores desafios diante das mudanças cada vez mais acelerada..que nos são apresentadas pela mídia.Segundo Amaral, a falta de preparo vem da base, os próprios cursos de graduação não preparam os futuros educadores para a tarefa. E a maioria dos cursos oferecidos posteriormente, segundo ele, são "instrumentais". "O que o professor precisa não é de um treinamento para dominar as tecnologias da informática. Mas para aprender como usar esses recursos, qual é a didática por trás", defende.

Segundo o livro texto vários autores vêm estabelecendo um perfil necessário para a prática docente cite três e comente – os.  P.126. 
Na formação pessoal, social e cultural dos futuros docentes: este eixo da formação consiste em favorecer o desenvolvimento de capacidades de reflexão, autonomia, cooperação e participação de princípios, de relação interpessoal e de abertura às diversas formas da cultura contemporânea;

Perrenoud elaborou o que considerou dez competências para ensinar, uma delas é: Conceber e fazer evoluir dispositivo de diferenciação. Comente. P.132.                                        
(Evitar as mesmas lições e exercícios para todos, pois a diversidade de aprendizagem é a norma).
·        Administrar a heterogeneidade no âmbito de uma turma.
·        Abrir, ampliar a gestão de classe para um espaço mais vasto.
·        Fornecer apoio integrado, trabalhar com alunos portadores de grandes dificuldades.
Desenvolver a cooperação entre os alunos e certas formas simples de ensino mútuo.

Na década de 1930 o modelo de formação de professores seguia o modelo da racionalidade técnica. Como se caracterizava esse modelo? Que tipo de criticas ele recebia? P.72.
 Modelo este no qual o professor é visto como um técnico, um especialista que aplica com rigor, na sua pratica cotidiana, as regras que derivam do conhecimento pedagógico. As criticas que recebia;
- A separação entre teoria e pratica na formação profissional, a um longo tempo de preparação no qual era oferecido ao aluno ao aluno um rol de disciplinas tanto técnicas como pedagógicas, e somente ao final da formação incluía-se o período da pratica;
- A prioridade dada a formação teórica em detrimento  da formação pratica;
- A concepção da pratica como mero espaço de aplicação de conhecimentos teóricos, sem um estatuto epistemológico próprio;
- A convicção de que para ser bom professor basta o domínio da área do conhecimento especifico que se vai ensinar;

Outra Prova  -  Perrenoud elaborou o que considerou dez competências para ensinar, uma delas é: Enfrentar os deveres e os dilemas éticos da profissão. Comente. P.133
·       Prevenir a violência na escola e fora dela.
·       Lutar contra os preconceitos e as discriminações sexuais, étnicas e sociais.
·       Participar da criação de regras de vida comum referentes à disciplina na escola, às sanções e à apreciação da conduta.
·       Analisar a relação pedagógica, a autoridade e a comunicação em aula.
      Desenvolver o senso de responsabilidade, a solidariedade e o sentimento de justiça.

Comente a idéia de Paulo Freire: “(...) quem ensina, aprende ao ensinar e quem aprende, ensina ao aprender (...)” P.96
De acordo com Paulo Freire, podemos perceber que quem ensina, aprende ao ensinar e quem aprende, ensina ao aprender, assim  o aprender precedeu o ensinar. É de suma importância que exista dentro de quem ensina. Uma vontade, garra, autonomia de pensamentos, de imaginação, entre outros, tudo devidamente  dosado. Portanto, ensinar é preparar o caminho para a total autonomia de quem aprende, fazendo um cidadão consciente de seus deveres e direitos.

Outra resposta - É de suma importância que exista dentro de quem ensina uma vontade de sempre aprender acompanhada de vontade, garra, autonomia de pensamento, imaginação, entre outros, tudo devidamente dosado. Portanto, ensinar é preparar o caminho para a total autonomia de quem aprende fazendo um cidadão consciente de seus deveres e direitos

A autora Guiomar Namo de Mello aponta uma discrepância entre a formação do professor e a realidade do ensino básico no Brasil? Qual seria esse problema? Cite uma solução apontada pela autora. P.47.
Conhecimento das condições de trabalho e carreira para ser capaz de compreender e atuar de modo autônomo frente aos conflitos, dilemas da profissão da educação em geral.

Outra Resp. Os profissionais de licenciatura não saem preparados e nem com interesse para atuar ou mesmo discutir os problemas da educação básica. Outra discrepância o preocupante fato de não haver avaliações de qualidade sobre os cursos de preparação docente.
Como solução, a autora propõe o conhecimento das condições de trabalho e carreira para ser capaz de compreender e atuar de modo autônomo frente aos conflitos, impasses e dilemas éticos, próprios da profissão de docente e do processo educacional em geral.

Por que a pesquisa deve ser considerada uma competência fundamental na prática educativa? P.128/128
Porque é através da pesquisa que o professor tem a possibilidade de comparar a relação teoria e prática. Como disse Freyre, a pesquisa é essencial à prática docente, e somente o professor pesquisador detém as condições necessárias para transmitir o ensino de qualidade, pois à medida que assume uma postura de questionador, mostra-se desacomodado.
Como disse Demo, “quem pesquisa tem o que transmitir”. Quem não pesquisa se quer para transmitir serve, pois não vai além da cópia da cópia “DEMO” (Nil)

A pesquisa é fundamental na prática educativa porque ela é um dos mais importantes desafios na busca de uma educação de qualidade. Como disse Freyre, ela é pode ser considerada como promotora da cidadania e do processo de emancipação do indivíduo, uma vez que investiga a realidade tal como se apresenta. A pesquisa possibilita o despertar da curiosidade, da inquietação, do desejo de descoberta e criação. (Nil)

Outra Prova   -  Confrontar teoria e prática faz parte das atitudes que constituem a identidade docente. Comente esta afirmação. P.129. 
É através da pesquisa que o professor tem a possibilidade de confrontar a relação da teoria e pratica, repensando a prática pedagógica em suas responsabilidades.

Segundo MOSCOVICI existem dois universos de pensamento distintos na sociedade contemporânea: os universos consensuais e os universos reificados. O que se entende desses conceitos? P.61
Universos reitificados referem-se ao pensamento científico em geral, de onde provém a matéria prima para a construção das representações sociais, que são formadas efetivamente nossos universos consensuais, ou seja, no cotidiano das relações sociais.
Aos universos consensuais correspondem as atividades intelectuais da interação social cotidiana pelas quais são produzidas as representações sociais.

Mudanças na educação e na sociedade têm sobrecarregado o trabalho do professor que, na maioria das vezes, não tem formação adequada para lidar com essas questões. Que tipo de situações tem aparecido na escola que, de fato, vem desprofissionalizando a profissão e fazendo com que se perca a identidade profissional? Cite algumas situações e comente-as. P.43 (portal). 
Nesse sentido, uma das principais situações está relacionada ao desvio de função que ocorre, principalmente nas escolas públicas, onde o professor, muitas vezes, acaba desempenhando funções pelas quais não estão qualificados. Com isso acaba ocorrendo o que chamamos de desprofissionalização e perda de identidade profissional, desencadeando assim, um processo de desqualificação e desvalorização do professor. (Nil)

O professor, diante das variadas funções que a escola pública assume, tem de responder a exigências que estão além de sua formação. Muitas vezes são obrigados a desempenhar outras funções que não condizem com sua formação. Essas situações acabam criando um sentimento de desprofissionalização e perda de identidade profissional, culminando em um processo de desqualificação e desvalorização do professor. (Nil)

"A formação docente deve estar em consonância com o momento histórico vivido". Comente a afirmação. P.74
Durante o processo de formação não se pode ficar alheio às características da sociedade, não podemos prescindir dos fatores sociais que interacionam durante a vida profissional e pessoal do professor, gerando uma relação dialética de influencias mútuas, com conseqüências para a sua atividade profissional.

Prova   -   Gatti (2003) cita que a formação continuada de professores é composta por uma multiplicidade de dimensões, cite duas delas e explique. Gabarito- pag.79
Especialidade: envolve a atualização de conhecimentos dos professores, estando ancorada na constante reavaliação do saber que deve ser escolarizável, é a que mais direciona a procura por projetos de formação continuada;
Didática Pedagógica: envolve o desempenho de funções docentes e a pratica social contextualizada. Parte-se da compreensão de que a pratica docente é uma pratica social, e como tal historicamente definida pelos valores postos no contexto;
 Pessoal e Social: envolve a perspectiva da formação pessoal e do autoconhecimento, focada na necessidade de entender o mundo e sua inserção profissional neste mundo;
 Expressivo  Comunicativa: refere-se a valorização do potencial dos professores de sua criatividade e expressividade no processo de ensinar e aprender;
 Histórico Cultural: esta dimensão diz respeito ao conhecimento dos aspectos históricos, econômicos, políticos, sociais e culturais;

. Segundo o livro texto vários autores discutem o "choque de realidade" que o professor iniciante passa ao enfrentar sua primeira situação escolar. O que os autores apontam como forma de superar essa situação inicial? P.110
O que se propõe é que os cursos de formação de professores assumam juntamente com outras instancias educativas, o planejamento e o desenvolvimento de programas de iniciação à prática profissional. Entende-se assim que durante o período de formação inicial, torna-se necessário que as instituições busquem para seus futuros profissionais da educação, períodos de confrontação com a realidade que vão além do estagio supervisionado.

. Segundo Antonio Nóvoa estamos passando por um momento de excessos dos discursos e pobreza das práticas na questão da formação docente. Comente a fala do autor. P.43.
Para Nóvoa a questão do excesso de pobreza se evidencia com o excesso da retórica política e dos meios de comunicação à pobreza das políticas educativas; o excesso das linguagens dos especialistas internacionais à pobreza dos programas de formação dos professores; do excesso do discurso científico-educacional à pobreza das práticas pedagógicas; do excesso das “vozes” dos professores à pobreza das práticas associativas docentes. (Nil)

. Perrenoud elaborou o que considerou dez competências para ensinar, uma delas é: Administrar a Progressão das aprendizagens. Comente. (pag 132/135)
·         Visão longitudinal do todo.
·         Conceber e administrar situações-problema ajustadas ao nível e possibilidades dos aprendizes.
·         Adquirir uma visão longitudinal dos objetivos do ensino.
·         Estabelecer laços com as teorias subjacentes as atividades de aprendizagem.
·         Observar e avaliar os aprendizes em situações de aprendizagem, de acordo com uma abordagem formativa.
Fazer balanços periódicos de competências e tomar decisões de progressão.

Prova N1-4  -  Perrenoud elaborou o que consideram dez competencias para ensinar uma delas é; Organizar e dirigir situações de aprendizagem. Comente? P.131 (portal)
Resposta - Na visão de Perrenoud o professor deve:
Ø  Conhecer os conteúdos a serem ensinados e sua tradução em objetivos de aprendizagem;
Ø  Trabalhar a partir das representações dos aprendizes;
Ø  Trabalhar a partir dos erros e obstáculos à aprendizagem;
Ø  Construir e planejar dispositivos e seqüências didáticas;
Ø  Envolver os alunos em atividades de pesquisa, em projetos de conhecimento. (Nil)

Anísio Teixeira, em 1933 propôs mudanças na formação docente e fazia criticas a escola normal; Que criticas era essas? O que ele propunha para mudar esse quadro.
A escola normal não cumpria a sua principal obrigação, de qualificar o profissional docente. Anísio propôs a reestruturação curricular da escola normal

Qual é a relação entre professor reflexivo e professor pesquisador? P.100 (portal)
A ação reflexiva está diretamente ligada ao trabalho de investigação, tendo em vista que uma postura reflexiva exige que o professor se torne pesquisador, no sentido de pensar a sua prática.
Na visão de Paulo Freyre, o exercício da pesquisa deve estar associado à prática reflexiva, compreende o professor como pesquisador, reconhecendo nele a postura de produtor de conhecimentos sobre situações vividas em sua prática docente

Professor pesquisador e professor reflexivo, são termos que correspondem à correntes diferentes mas que no fundo, abordam uma mesma realidade, ou seja, o professor pesquisador é aquele que pesquisa ou que reflete sobre a sua prática, que pensa, que elabora em cima dessa prática. Portanto, aqui estamos também dentro do paradigma do professor reflexivo. O professor pesquisador agrega ao seu currículo um forte ponto positivo, pois consegue aliar prática e teoria. É necessário que o professor reflita sobre a sua prática, o contexto em que ensina, sua competência pedagógica, a legitimidade dos métodos que emprega, e as finalidades do ensino.

Comente a frase(...) a prática profissional constitui um lugar original de formação e produção de saberes práticos(...) P.74/75
O que se busca atualmente é um modelo de formação profissional apoiado na ideia de que a formação de docentes supõe um continuum  no qual, durante toda a carreira docente, fases de trabalho devem alternar com fases de formação continua. Tal epistemologia baseia-se no principio, segundo o qual  a pratica profissional constitui um lugar original de formação e produção de saberes práticos, visto que é portadora de condições e de condicionantes específicos que não se encontram noutra parte, nem pode ser reproduzida artificialmente num contexto d formação teórica no período de graduação.


Prova N3-1
Comente a frase: “A formação teórica e prática do professor pode contribuir para melhorar a qualidade do ensino, considerando que são as transformações sociais, que poderão gerar transformações na educação” (livro texto – p.71)
Atualmente os professores precisam reavaliar seus papeis, pois tais mudanças (sociais, econômicas e políticas) influenciam os aprendizados dos educandos assim como as atuações dos professores. Por isso a necessidade de nos tornarmos mais abertos e reflexivos em nossa atuação profissional. Além dos conhecimentos acadêmicos é necessário percebermos os acontecimentos e situações ao nosso redor.

Comente as afirmações de Nóvoa (2002): “A identidade (ser e sentir-se professor), não é um dado, não é uma propriedade, não é um produto: identidade é um lugar de lutas e conflitos, é um espaço de construção de maneira de ser e estar na profissão”.
A identidade do indivíduo é uma construção e não algo pronto ou embalado que compramos. Atualmente a identidade docente é algo complicado devido a muitas mudanças que ocorrem em nossa sociedade, por isso precisamos levar em conta a identidade profissional e a identidade pessoal.

Em 1827 foi estabelecida a Escola das primeiras Letras para treinar professores, o que ela previa?
Os professores das províncias brasileiras deveriam ser treinados. As províncias eram responsáveis pelo ensino elementar, também seriam responsáveis pela preparação dos professores para essa educação.

A Lei de Diretrizes e Bases nº 9394/96 trouxe várias mudanças para a educação, entre elas: “a regularidade e a ampliação dos sistemas nacionais de  avaliação (SAEB, ENEM), bem como a avaliação institucional e os mecanismos de gestão escolar que insistem na participação da comunidade.” O que a lei pretende?
Centralidade atribuída a administração escolar, criação do FUNDEF.
A lei pretende qualificar o sistema de ensino e melhorar a educação brasileira, ofertando mais vagas com melhores qualidades, além de gerar oportunidades para os mais carentes, incluindo e ouvindo a comunidade em torno da escola.