Páginas

Minha foto
são paulo, zona leste, Brazil

domingo, 18 de agosto de 2013

Intervenção e Aprendizagem: Adolescência - Provas N1

Prova 1
1. Descreva sucintamente sobre as mudanças biológicas por quem passa pela adolescência (P.21)
As mudanças biológicas estão relacionadas à fase da adolescência, onde há o amadurecimento biológico, tornando o indivíduo capaz de reproduzir sexualmente. Nessa fase o indivíduo passa por uma profunda reorganização de seus relacionamentos sociais. Aumentam a interação com os amigos e colegas; diminui o controle de suas ações por parte dos adultos; aumenta a aproximação com indivíduos do sexo oposto; aumenta o número de colegas, amigos e conhecidos, visando um compartilhamento de seus interesses, valores, crenças e atitudes. (Nil)

Segundo Cole, além dos hormônios do crescimento, também ocorre um aumento na fabricação de dois hormônios gonadotróficos, ou seja, aqueles que são produzidos pelas gônadas sexuais (gonad-seeking). Essas gônadas ou órgãos sexuais primários correspondem aos ovários, nas meninas, e aos testículos, nos meninos. Neles, esse tipo de hormônio estimula os testículos e as glândulas supra-renais a produzirem a testosterona, hormônio responsável pela produção do esperma.(grupo)

2. Defina sucintamente, segundo a literatura do módulo : adolescência (P.8)
Adolescência corresponde ao período de vida entre a infância e a idade adulta (12 aos 18 anos). É um período em que o indivíduo passa por uma série de alterações físicas e biológicas, uma fase conhecida também como puberdade, onde há um amadurecimento biológico, tornando o indivíduo capaz de reproduzir sexualmente. Os principais sinais dessas mudanças nos meninos são a explosão no índice de crescimento físico, o aparecimento de acnes, de pelos nas axilas e nas regiões pubianas, alterações na voz. Nas meninas, além do rápido índice de crescimento há o desenvolvimento dos seios, o aumento do útero e o início da primeira menstruação. (Nil)

Pesquisa realizada concluiu-se que não existe uma definição precisa para as palavras adolescência e juventude. No entanto, boa parte dos estudiosos concorda que a adolescência é a fase que vem depois da infância, por volta dos 12 anos, e termina antes da juventude, por volta dos 18 anos. Contudo, muitos também alegam que adolescência e juventude não podem ser vistas como sinônimos, pois a primeira antecede a juventude que, por sua vez, corresponde ao início da idade adulta. Conceituada em uma única definição. (grupo)

3. Descreva de forma sucinta como era a adolescência na nossa sociedade entre os séculos XVIII e XIX. (P.9)
O termo adolescência foi definido nos séculos XVIII e XIX por conta das mudanças sociais e econômicas que exigiu uma melhor precisão e delimitação dos grupos etários para a regulamentação das leis trabalhistas.  Os jovens com idade entre 13 e 15 anos eram vistos como crianças e o limite estava mais ligado à dependência do indivíduo de sua família do que às mudanças  em seu corpo. Com essas mudanças, as escolas se viram obrigadas a se adaptar às mudanças culturais do período, como por exemplo, a separação entre a formação primária e a secundária, para facilitar a educação da classe operária. (Nil)

A adolescência é um termo muito recente em nossa sociedade, que foi se definindo entre os séculos XVIII e XIX. As mudanças sociais e econômicas daquele período produziram a necessidade de melhor precisão e delimitação dos grupos etários para a regulamentação das leis trabalhistas. Naquela época, os jovens de idade entre 13 e 15 anos eram vistos como crianças e o limite da infância estava mais ligado à dependência do indivíduo de sua família do que às mudanças biológicas com seu corpo. (grupo)

4. Segundo a literatura do módulo, descreva possíveis diferenças entre as condições de vida de um adolescente de uma família de baixa renda e um adolescente de classe média. (P. 11 e 12)
O fator econômico é muito significativo para o desenvolvimento da adolescência, e cada povo, de acordo com sua cultura, possui uma ideia diferente de adolescência. Na classe mais privilegiada economicamente ainda há o velho hábito de comemorar o aniversário de 15 anos (debutante) em grande estilo, considerando que a jovem já está pronta para ser apresentada à sociedade.
Já uma jovem economicamente menos privilegiada, enfrenta muitas vezes, a responsabilidades de uma vida adulta, com uma gravidez inesperada ou com a necessidade de trabalhar para ajudar no sustento de sua família. (Nil)

Os jovens de classe média, com certeza, possuem um período mais longo de preparação. Nesse momento, tomam importantes decisões acerca de sua vida, como a escolha de uma carreira universitária. Já o jovem de classe operária pode cursar uma escola técnica onde aprenderá um ofício e ingressará no mundo de trabalho mais rapidamente. Outros jovens, ainda, nem sequer chegam ao Ensino Médio, pois deixam de frequentar a escola para trabalhar e ajudar na renda familiar. (grupo)

Prova 2
1. Quais elementos o educador deva levar em consideração, segundo a literatura do módulo para ter um bom relacionamento grupal? (P. 28)
Realização de operações formais em algumas áreas (pensamento sistemático).Formação da identidade. Diante das ideias trazidas até aqui, é importante ressaltar que para o educador ter um bom relacionamento, uma boa dinâmica grupal com seus alunos adolescentes, é preciso estar atento a todas as especificidades que o jovem encontra no decorrer dessa fase e que são fundamentais para a construção de sua identidade e da convivência em sociedade. (grupo)

2. Descreva pelo menos um fator de mudança biossociocomportamental por que passa o adolescente com relação aos domínios: biológico, comportamental e social. (P.26)
Biológica > Desenvolvimento de características sexuais secundárias;
Comportamental > Formação da identidade;
Social > Relações sexuais. (NIL)

Quadro Um – A mudança biosociocomportamental – a transição para a idade adulta
Domínio biológico Capacidade para a reprodução biológica. Desenvolvimento de características sexuais secundárias. Alcance do tamanho do adulto.
Domínio comportamental Realização de operações formais em algumas áreas (pensamento sistemático). Formação da identidade.
Domínio social
Relações sexuais. Mudança para a responsabilidade fundamental por si mesmo. Início da responsabilidade pelas próximas gerações. (grupo)

3. Descreva segundo Erikson, os principais fatores pelo qual o adolescente desenvolve sua personalidade. (P.26)
São os seguintes fatores:
O julgamento que ele faz dos outros;
O julgamento que os outros fazem dele;
Como ele vê o julgamento dos outros;
Como ele mantem em sua mente categorias sociais importantes quando faz um julgamento sobre outras pessoas; (Nil)

Para Erikson, o adolescente desenvolve sua identidade por meio de um processo que depende dos seguintes fatores: O julgamento que ele faz dos outros. O julgamento que os outros fazem dele. Como ele vê o julgamento dos outros. Como ele mantém em sua mente categorias sociais importantes quando faz um julgamento sobre outras pessoas. O jovem tem um comportamento mais reflexivo que o leva a se preocupar com sua imagem social e sua integração, mas que também considera suas ideias e convicções individuais (grupo)

4. Descreva de forma sucinta as principais alterações sofridas pelos adolescentes com relação a sua interação com familiares, amigos e colegas.  (P.21)
Na fase da adolescência ocorrem alterações na relação dos jovens com seus familiares, amigos e colegas. Eles passam por uma profunda reorganização de seus relacionamentos sociais, envolvendo um aumento da interação com os amigos e colegas, onde passam mais tempo com colegas do que com a família; a diminuição do controle de suas ações por parte dos adultos; maior aproximação com indivíduos do sexo oposto e o aumento do numero de amigos, tendo em vista o compartilhamento de seus interesses. Nil)

Outra resposta - Além das mudanças de caráter biológico, na adolescência também ocorrem alterações no modo como os jovens interagem com seus familiares, amigos e colegas. De acordo com Cole (2003), esses indivíduos passam por uma profunda reorganização de seus relacionamentos sociais. Essa reorganização envolve quatro mudanças importantes:
- Aumento da interação com os amigos e colegas. Nessa fase, os jovens aumentam significativamente o tempo que passam com seus colegas, não lhes restando muito tempo para passarem com seus familiares;
- Diminuição do controle de suas ações por parte dos adultos;
- Aumento da aproximação com indivíduos do sexo oposto;
- Aumento do número de colegas, amigos e conhecidos, tendo em vista a preferência dos adolescentes por compartilhar seus interesses, valores, crenças e atitudes.
Como se pode observar, na adolescência é comum o indivíduo vivenciar um número bem maior de relacionamentos do que quando ainda era criança. Dessa forma, os adolescentes tornam-se mais distantes de seus pais e, geralmente, recorrem aos seus colegas e amigos quando precisam de algum conselho ou opinião.  (grupo)

Prova 3
1-    A partir da literatura estudada no modulo, cite 2 tipos de organização familiar desde a origem da humanidade, segundo Bock.  ( P. 39)
De acordo com pesquisa do antropologo L. H. Morgan, desde a origem da humanidade, ficaram  demonstrados os seguintes tipos de organização familiar:  Família consanguínea – formada pelo casamento entre irmãos e irmãs pertencentes ao mesmo grupo; Família punaluana – um grupo de homens casados com um grupo de mulheres; Família sindiásmica – composto pela união de casais, sem a obrigação de morarem juntos; Família patriarcal – casamento de um homem com várias mulheres; Família monogâmica – composta pelo casamento de duas pessoas, com a obrigação de morarem juntas, e que defende a fidelidade e o controle do homem sobre os demais membros da família. Essa configuração familiar garante o direito de herança aos filhos legítimo. (Nil)

- Família consanguínea: formada pelo casamento entre irmãos e irmãs no interior de um grupo.
- Família punaluana: um grupo de homens conjuntamente casado com um grupo de mulheres. Esse tipo de organização familiar foi um dos primeiros a impedir o casamento entre irmãos.
- Família sindiásmica ou de casal: casamento composto pela união de casais que não tinham a obrigação de morarem juntos. O casamento existia enquanto ambos desejassem.
- Família patriarcal: o casamento de um só homem com várias mulheres.
- Família monogâmica: composta pelo casamento de duas pessoas, com obrigação de morarem juntas. Nessa união está inclusa a fidelidade, o controle do homem sobre a mulher e os filhos, a garantia da descendência por consanguinidade e, portanto, a garantia do direito de herança aos filhos legítimos, isto é, a garantia da propriedade privada.(grupo

2-    Descreva segundo, Serrão e Beleeiro a experiência proporcionada pela fase inicial de um grupo. (P.28)
De acordo com Serrão, em um grupo, quando há respeito às ideias individuais, haverá um fortalecimento da autoestima de seus integrantes e ajudará a conviver com pessoas diferentas em vários contextos.
Ao iniciar um grupo, todos chegam trazendo o que é “seu”, Cercados de desconfianças e timidez, observa cada gesto, cada ideia, às vezes procura chamar a atenção com suas ideias, seu jeito de ser,  e na medida em que percebe que é aceito pelos integrantes do grupo, vai se soltando. Entre um aperto de mão, um gesto de carinho, de respeito, de admiração, vai sentindo sua importância para o grupo, na medida em que percebe que suas ideias são bem aceitas e compartilhadas. (Nil)

Serrão e Baleerio (1999, p. 139), de maneira bem simples e direta, descrevem a experiência proporcionada pela fase inicial de formação de um grupo: Quando um grupo se inicia, todos chegam trazendo o que é seu. Desconfiados, apreensivos, alegres, interessados, observadores, distraídos, esperançosos, temerosos, tímidos, expansivos, silenciosos, resistentes, eles vêm se aproximando em busca de algo, cada um com seu jeito, sua forma, seu temperamento, sua história de vida, seu desejo, seu destino.
Mãos soltas e olhares inquietos começam a ver outros seres, outros olhos, e ao se darem as mãos somam afetos, alegrias, preocupações, carinhos, medos.
Um grupo se forma quando todos encontram nele seu lugar, lugar flexível, garantindo a cada um, sua importância, seu significado. Eu, você, o outro – nós.
Diante das ideias trazidas até aqui, é importante ressaltar que para o educador ter um bom relacionamento, uma boa dinâmica grupal com seus alunos adolescentes, é preciso estar atento a todas as especificidades que o jovem encontra no decorrer dessa fase e que são fundamentais para a construção de sua identidade e da convivência em sociedade. (grupo)

3-    Com relação as amizades e a formação de grupos de amigos quais são as principais diferenças entre o comportamento de meninas e meninos. (P.27)
As meninas costumam ter um relacionamento de amizade mais intenso e ciumento. Também buscam ter um comportamento bastante semelhante ao das amigas. Diferentemente das meninas, os meninos têm amizades menos íntimas e mais numerosas. Nesse momento, eles estão mais preocupados em se mostrar independentes afetivamente dos pais e de outros adultos.(grupo)

4-    Descreva a importância da família segundo Lacan. (P. 39/40)
Lacan destaca a importância da família com relação à transmissão da cultura, à repressão dos instintos, à manutenção dos ritos, costumes e tradições e a aquisição e uso da língua materna.
Para ele, a família é o eixo central de articulações entre o indivíduo e o meio social. É a família a responsável por dar os primeiros parâmetros sobre a educação, desejos e linguagem, ja que os filhos seguem como modelo o comportamento dos pais para viverem em sociedade. (Nil)

Lacan afirmou a importância da família com relação à transmissão da cultura, à repressão dos instintos, à manutenção dos ritos, costumes e tradições, bem como, à aquisição e uso da língua materna.
Ou seja, a família é o eixo central das articulações entre o indivíduo e o meio social, transmitindo estruturas de condutas e representações que governam os processos fundamentais do desenvolvimento psíquico (LACAN, 1982, p. 16). Lacan também afirma que essa organização é a responsável por dar os primeiros parâmetros sobre educação, desejos e linguagem, pois é na maneira como os pais se comportam que os filhos encontram os modelos para viverem em sociedade. (grupo)

Prova 4           
1. Diante da literatura estudada no módulo descreva sucitamente o impacto de famílias separadas na vida do adolescente. (P.40)
O adolescente costuma ser bastante ambivalente com relação aos novos relacionamentos amorosos do pai ou mãe, relutando em aceitar os novos parceiros por medo de perdê-los (pais) ou por acreditar na possibilidade de vê-los juntos novamente, fica claro que existe um papel crucial da família na construção dos projetos de vida de seus filhos, principalmente dos adolescentes que estão passando pela transição e expectativa de entrada no mundo adulto. (prova)

A família tem um papel crucial na construção dos projetos de vida de seus filhos, principalmente dos adolescentes que estão passando por uma fase de transição e expectativa de entrada no mundo adulto. E quando há a separação dos pais os adolescentes relutam em aceitar novos relacionamentos, talvez por medo de uma possível ameaça da perda dos pais, em decorrência do novo relacionamento ou até mesmo por acreditarem na possibilidade de verem seus pais juntos novamente. (Nil)

2. Qual aspecto que se desenvolve, segundo os psicólogos nos filhos que ficam sozinhos em casa? P.41
Segundo psicólogos, as crianças que ficam em os cuidados de um adulto tendem a desenvolver o “autocuidado”, que é a habilidade de se cuidar, buscando quais são as necessidades do corpo e da mente e evitando hábitos prejudiciais à qualidade de vida. (Nil)

3. Descreva sucitamente segundo a literatura do módulo de que forma a escola pode se constituir como um elemento violento para com seus alunos. P.48
A violência que ocorre na escola pode se dar de professor para aluno (vice-versa) na forma de autoritarismo, desrespeito, preconceito e assédio moral. Hoje não podemos esquecer do bullyng que também é praticado de várias forma na escola (prova).

A escola pode se constituir em um elemento violento para com seus alunos pela relação entre aluno e professor que, na maioria dos casos, são práticas autoritárias e a falta de diálogo entre aluno e professor. Mas a maior violência exercida por parte da escola é o poder que ela usa sobre seus alunos para impedi-los de pensar, de expressar suas capacidades, tratando-os como meros reprodutores de conhecimento. (Nil)

4. Segundo a literatura do módulo descreva as três grandes causas de mortalidade entre os jovens. P.45
As três principais causas de mortalidade entre os jovens são:
- Óbitos por acidentes de transportes – indicativo da violência cotidiana e de convivência;
- Homicídios – indicativos das manifestações da violência que resultam em morte;
- Suicídios – violência contra si próprio (Nil)

Prova 5
1. Descreva segundo a literatura do modulo o que é bullying ?
Ofender, humilhar, espalhar boatos, fofocar, expor ao ridículo em público, fazer de bode expiatório, acusar, isolar, designar áreas de trabalho ou tarefas ruins, negar férias e feriados no local de trabalho, dar socos, tapas, chutes, insultar, ostracizar, sexualizar, fazer ofensas étnicas ou de gênero, enfim, todas essas atitudes podem e devem ser consideradas como prática de bullying. (grupo)
O bullying pode ser entendido como um conjunto de atos praticados por estudantes, porém, hoje muitos estudos já defendem que o bullying não é praticado somente em escolas, ou seja, é também em locais de trabalho, em relacionamentos, nas famílias etc. (grupo)

2. Descreva segundo a literatura do modulo duas alternativas para obter a paz na escola?  P.61
Esse programa pode ser definido como um conjunto de estratégias psicopedagógicos que se fundamentam sobre princípios de solidariedade, tolerância e respeito às diferenças. Recebeu o nome “Educar para a Paz” por acreditar que a não violência é o maior anseio das crianças envolvidas no fenômeno, bem como de toda a sociedade. Envolve toda a comunidade escolar, inclusive os pais e a comunidade em que se insere a escola. As estratégias do programa incluem o trabalho individualizado com os envolvidos em bullying, visando à inclusão e o fortalecimento da autoestima das “vítimas” e a canalização da agressividade do “agressor” por meio de ações proativas. O “programa também conta com o envolvimento de toda escola, pais e a comunidade em geral” (FANTE, 2005).(Grupo)

As alternativas para trazer paz na escola podem ser definidas como uma ação que se inicia pela formação de grupos protetores solidários aos alunos vítimas de bullying. Bem como os grupos de pais solidários responsáveis por auxiliar os estudantes nas brincadeiras do recreio dirigido, juntamente aos “alunos-solidários”.
Segundo Fante, a interiorização de valores humanistas, bem como a discussão de situações-problema de cada grupo ou classe são estratégias que visam à educação das emoções e o autocontrole, sendo desenvolvidas semanalmente. (Nil)

3. Descreva segundo a literatura do modulo 3 crenças que motivam comportamentos que levam a competividade  bullying e a agressividade. P.59
São comportamentos que costumam levar à competitividade, bullyng e agressividade:
-         Preciso disso agora. A gratificação tem que vir imediatamente.
-         Certo estará quem tiver mais força.
-         Não se envolva.
-         É importante vencer o outro antes que ele o ultrapasse.
-         Esteja à frente, de qualquer jeito.
-         As mulheres são objetos.
-         Os homens não têm sentimentos.
-         Minhas opiniões estão corretas e as suas estão erradas.
-         A agressão é a forma adequada de lidar com a divergência.
-         Dinheiro e objetos são mais importantes do que relacionamentos.
-         Os bonzinhos chegam por último.
-         Você não é responsável, a menos que lhe peguem.
-         Dinheiro é poder. Você poderá obter o que quiser ou resolver qualquer problema com dinheiro.
-         Fale sobre pessoas, e não com as pessoas.
-         Culpe os outros por seus problemas.
-         Só me ouvirão se eu falar alto ou mostrar quem é que manda.
-         A infância é superestimada. Cresça depressa para poder seguir em frente com sua vida.
-         Busque sempre ser o primeiro.
-         Esses filhos são seus, não meus.
-         Seus problemas não são da minha conta (Nil)

4. Segundo a literatura do modulo descreva 3 sintomas que indicam que os jovens estão consumido álcool? 
Vale notar ainda que podemos saber se um jovem está consumindo álcool se apresentar pelo menos três dos seguintes sintomas: mudanças bruscas de humor; isolamento social; tonturas e enjoos; inapetência; andar cambaleante; vermelhidão da face; tremores e sonolência; agressividade. Ao diagnosticar o problema, os pais devem manter o diálogo aberto, mostrando o certo e o errado. Outra atitude importante, por parte dos pais, é buscar ajuda especializada para si mesmo. (grupo)

Prova N3
1. Descreva sucintamente segundo a literatura do modulo de que forma a escola pode se constituir como um elemento violento para com seus alunos?
A violência que ocorre na escola pode se dar de professor para aluno (vice-versa) na forma de autoritarismo, desrespeito, preconceito e assédio moral. Hoje não podemos esquecer do bullyng que também é praticado de várias forma na escola

2. A noção de adolescência encontra-se pouco definida,contudo existem algumas conceituações.Descreva um conceito que explique adolescência.
Hoje há um consenso entre os estudiosos que a adolescência é a fase que vem depois da infância, por volta dos 12 anos, terminando antes da juventude, por volta dos 18 anos.

3. Quais elementos o educador deve levar em consideração segundo a literatura do modulo para ter um bom relacionamento grupal?
O educador deve estar atento aos alunos e as modificações que eles sofrem nesta fase, deve buscar compreender e ajudar sempre que possível, além de manter um bom diálogo com o grupo.

4. Descreva  a importância da família segundo o psicanalista Lacan abordado no presente módulo. 
Segundo Lacan, a família é responsável pela transmissão de cultura, repressão dos instintos, manutenção dos ritos, costumes e tradições. A família é o eixo central do indivíduo.